DIÁRIOS DE MARVILA | Estamos no Orçamento Participativo da Junta de Freguesia de Marvila com o projecto Diários de Marvila. Esta manifestação fotográfica reflete-se num conjunto de residências artísticas que coloca em diálogo 20 fotógrafos com 20 habitantes do Bairro dos Lóios, com o objetivo de combater o isolamento e a exclusão social proporcionando uma maior integração através da comunicação visual.

Votações Abertas


Este Espaço Que Habito

No projecto Este Espaço Que Habito o MEF trabalha com jovens em cumprimento de medida tutelar de internamento utilizando o recurso da fotografia enquanto ferramenta técnica e de expressão pessoal. Para trabalhar o autoconhecimento e as competências sociais a partir da fotografia, os jovens participantes no projecto começam por construir as suas próprias câmaras escuras estenopeicas, também conhecidas por câmaras pinhole, escolhem os locais a fotografar a partir dos espaços onde o projeto está a ser desenvolvido, revelam, editam e finalmente refletem sobre o trabalho desenvolvido num caderno manufacturado.

Pedifoto Este Espaço Que Habito – virtual
INSCRIÇÕES ABERTAS

Em 2020/21, realizamos novamente o projecto em parceria com a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais – Ministério da Justiça e com o apoio financeiro do NOVO BANCO através da campanha  Uma conta com gestos que contam. Ao escolher abrir uma conta pacote Conta NB 100% e Conta NB360º pode também escolher o nosso projecto e acompanhar a sua evolução. 


VICENTE E ANTÓNIO

O projeto Vicente e António pretende criar um registo fotográfico dos dois santos da cidade de Lisboa: São Vicente e Santo António.

Mais informações AQUI




É verdade, estamos novamente em casa, voltamos a sentir o estar de novo num lugar onde cada vez mais temos que ser criativos. Ao convivermos com os mesmos objetos, queremos desconstruí-los, dar-lhes uma nova utilidade, uma nova expressão, olhá-los de uma forma emotiva.

Neste momento vivemos uma situação que nos remete para a necessidade de ficarmos em casa, onde o tempo nos permitirá olhar para o espaço que habitamos de uma forma nova e curiosa. O MEF com o presente desafio visa aproximar a fotografia realizada por um grupo de pessoas em situação de recolhimento, participantes de um projeto fotográfico na construção de uma narrativa de um tempo em que olhamos e vemos o mundo parado. Propomos a fotografia como um espelho do nosso quotidiano, temas como : “Olho pela janela”; “Aqui ao lado”;  podem ser a base de imagens e narrativas fragmentadas, contadas através dos seus próprios autores. 

Convidámos os nossos amigos, sócios e alunos a participarem no desafio Envia-me um Postal!. Com a participação de 28 autores, o desafio contabiliza 59 fotografias selecionadas e finais.