Diários de Marvila

Conceito

O conceito subjacente ao projeto pretende trabalhar na área da construção da cidadania comunicativa com recurso à produção de meios de comunicação para assim permitir dar corpo à possibilidade de retratar e expor um quotidiano da comunidade. É um processo de vivências onde se recolhe, vê e se conversa sobre o quotidiano, atingindo dentro dessa metodologia uma atmosfera de construção coletiva. Com recurso à criação artística propomos uma forma de trabalho diferenciado da sociedade massificada e sujeita a culturas mediatizadas. As intervenções surgem no âmbito da relação social com a comunidade, sendo este um projeto que procura trabalhar a valorização e ao mesmo tempo fomentar uma atitude reflexiva do indivíduo. Será na imagem documental, género fotográfico que se caracteriza pelo compromisso com a reprodução da realidade e que trabalha no registo cultural e artístico de um determinado momento, que assentará o desafio da construção final de uma representação cultural, estética e tecnicamente elaborada, em que a sua interpretação não pode ser separada do processo de construção da representação da comunidade envolvida. O projeto consiste em que os habitantes da freguesia escolham através de encontros comunitários as histórias a contar, para a criação de narrativas visuais com base nas suas memórias e no quotidiano atual, produzidas através da expressão artística usando a fotografia enquanto ferramenta de testemunho.

Residências Artísticas

Esta manifestação artística reflete-se num conjunto de residências artísticas que coloca em diálogo 20 fotógrafos com 20 habitantes do Bairro dos Lóios, com um objeto de combater o isolamento e a exclusão social, proporcionando maior integração através da comunicação visual. Usando a metodologia proporcionada pelas residências coletivas, os artistas a título individual em colaboração direta com cada um dos habitantes participante no projeto, irão desenvolver um trabalho que tenha como condição a valorização das pessoas da freguesia, dos saberes e artes da localidade, quer seja através de imagens produzidas para o momento ou com o recurso a imagens que já constituam uma pertença do participante.

Formação

Partindo do projecto idealizado por cada formando, o desafio Diários de Marvila propõe, através do debate de imagens e de conteúdos, estimular o sentido criativo através de um olhar fotográfico documental. Iniciaremos a nossa abordagem com a visita a projetos documentais, discutiremos as ideias que cada formando idealiza sobre o seu projecto, analisaremos e interpretaremos as imagens dos projectos desenvolvidos, dando origem a um retrato que pode ser um retrato da actualidade, do passado, do edificado, da devoção, do simbólico.
Dividido em 12 sessões, com encontros presenciais, construiremos um conjunto de trabalhos que reflitam os testemunhos dos habitantes que partilhem connosco as suas histórias de vida.

Apresentação

O projeto será apresentado através da criação de uma página web para promoção dos testemunhos documentais, da projeção das imagens na rua em evento público, na produção de uma exposição de imagens impressas acompanhadas de diários fotográficos realizados por quem participa, devolvendo à comunidade os momentos referenciados ao longo da intervenção.

Inscrição

Formulário: Ficha de Inscrição 

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Calendário

Dia de formação: Quintas-feiras, 19h30m/21h00m

Datas de formação: 3 de Fevereiro a 26 de Maio de 2022 (9 sessões quinzenais)

Datas a agendar: reunião comunitária de projecto; construção de exposição; idealização de evento público.


Valor de Formação

50€


Programa

Apresentação de projecto – 3 Fevereiro

Reunião comunitária de projecto – data a agendar

Fotografia Documental I – 17 Fevereiro

Projeto Documental – 3 Março

Discussão de Ideias – 17 Março

Fotografia Documental II – 31 Março

Orientação de projeto – 14 Abril

Visualização de projetos – 28 Abril

Finalização e fecho de projetos fotográficos – 12 Maio

Finalização e fecho de projetos fotográficos – 26 Maio

Construção de exposição – data a agendar

Idealização de evento público e escolha de imagens dos projetos para apresentação pública – data a agendar



Nota: as 3 datas a agendar são a da reunião comunitária de projecto; a de construção de exposição e a de idealização de evento público.


Este projecto está integrado no Orçamento Participativo da Junta de Freguesia de Marvila


Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrPrint this pageEmail this to someone